STF cerceia Sérgio Moro e desmembra a Lava Jato!

STF CERCEIA SÉRGIO MORO E DESMEMBRA A LAVA JATOO STF (Supremo Tribunal Federal) mais uma vez saiu em defesa do governo e daqueles que o ameaçam, decidindo desmembrar a investigação contra a senadora Gleisi Hoffmann, do PT. Dessa forma, os futuros dos processos oriundos da Operação Lava Jato, podem seguir o mesmo caminho: o da pizza.

E, acabou sendo escolhido para analisar tais denúncias justamente aquele ministro que nunca passou numa prova para juiz de primeira instância e que já serviu profissionalmente ao PT, Dias Toffoli. Entendeu a Corte que o caso da senadora petista não está diretamente conectado ao Petrolão e que uma outra parte da apuração, envolvendo políticos com mandato, será remetida para a Justiça de primeira instância, em São Paulo.

Com esta decisão do STF, fica aberto o precedente para que toda a Lava Jato seja fatiada e suas ações penais, hoje nas mãos do juiz Sérgio Moro na primeira instância e do ministro Teori Zavascki em Brasília, acabem espalhadas pelas diferentes cortes do país. Assim, o Supremo entendeu que os processos deverão ser analisados por juízes instalados nas Varas onde os crimes foram cometidos, descentralizando as investigações, tirando-as das mãos implacáveis de Sérgio Moro.

A primeira e mais séria consequência da decisão de espalhar os processos da Lava Jato pela Justiça dos estados será tirar parte importante das investigações sob responsabilidade e tão bem conduzidas até então pelo juiz Sérgio Moro e pela equipe de procuradores do Ministério Público Federal do Paraná.

Esta decisão também atinge a espinha cervical da Lava Jato: o entendimento de que foi uma mesma quadrilha quem operou um contínuo assalto aos cofres públicos, cujo objetivo seria a perpetuação do Partido dos Trabalhadores e seus aliados no poder.

Nesta última segunda-feira, dia 21 de setembro, o procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima declarou que “quando falamos que estamos investigando um esquema de compra de apoio político para o governo federal através de corrupção, estamos dizendo que os casos Mensalão, Petrolão e Eletronuclear são todos conexos porque dentro deles está a mesma organização criminosa e as pessoas ligadas aos partidos políticos. Não tenho dúvida nenhuma de que todos ligados à Casa Civil do governo Lula, tudo foi originado dentro da Casa Civil”. Já no dia seguinte, percebendo os possíveis danos de uma decisão aos moldes dessa do STF, disse que o desmembramento das ações “pode ser o fim da Lava Jato”, como ela vinha sendo até agora conduzida.

Para o futuro, espera-se uma enxurrada de recursos que questionem o porquê das ações envolvidas na Lava Jato não correrem em nos estados onde elas aconteceram. Assim, correndo os processos nos estados onde os atos criminosos foram cometidos, serão inúmeras ações que se perderão nos gabinetes dos juízes por anos e não darão em nada que não seja pizza!

Esta decisão do STF foi acintosamente comemorada pelos advogados de presos pela operação da Polícia Federal, que sabem que tirar os processos das mãos do juiz Sérgio Moro, até então considerado irredutível, incorruptível e duro no seu lidar com a lei, é essencial para que seus clientes consigam escapar de severas e exemplares condenações.

Gilmar Mendes, que junto com Celso de Mello foi voto vencido no STF, declarou que “no fundo, o que se espera é que processos saiam de Curitiba e não tenham a devida sequência em outros lugares. É bom que se diga em português claro”.

Já Celso de Mello afirmou que “o Ministério Público Federal destacou que a investigação penal, não obstante fragmentada em diversos inquéritos e procedimentos de apuração de delito, tem por objeto uma vasta organização criminosa de projeção tentacular com métodos homogêneos de atuação, integrada por diversos atores e protagonistas e operando por intermédio de vários núcleos com idêntico ou semelhante “modus operandi” na captação, operacionalização e distribuição criminosa de vantagens ilícitas”.

E assim o Brasil se torna cada dia mais o paraíso da corrupção e da impunidade…

*Wilson de Oliveira é mineiro de Cataguases e divide sua vida entre Minas Gerais e Rio de Janeiro.

2 thoughts on “STF cerceia Sérgio Moro e desmembra a Lava Jato!

  1. Teresinha Winter disse:

    E pregam que devemos respeitar as instituições. Se não temos instituições, a quem vamos respeitar?

  2. Teresinha Winter disse:

    O pior de tudo é que continuaremos a pagar a conta e disso não podemos nos livrar. Só se fala em aumentos de impostos, inclusive do IRRF, que já é um ROUBO. Só organismos internacionais, que ainda sejam sérios e honestos, podem nos salvar. Aqui dentro, ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *