Início » Wilson de Oliveira » Lula está cada dia mais perto da prisão

Lula está cada dia mais perto da prisão

lula-esta-cada-dia-mais-perto-da-prisaoLULA É DENUNCIADO NA LAVA JATO POR CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO.

Lula está cada dia mais perto de ser preso. Hoje ele foi novamente denunciado, dessa vez no âmbito da Operação Lava Jato, e já coleciona denúncias por corrupção e lavagem de dinheiro.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou agora na tarde desta quarta-feira, dia 14 de setembro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sua esposa dele, Marisa Letícia, e mais outras seis pessoas, conforme apurações realizadas no âmbito da Operação Lava Jato.

O procurador Deltan Dallagnol afirmou que provas do MPF indicam claramente que Lula era o “comandante máximo do esquema de corrupção identificado na Lava Jato”.

Esta denúncia abrange três contratos da OAS com a Petrobrás e o destino dado a propinas pagas a Lula por conta das “facilidades” pessoalmente realizadas por Lula.

Os denunciados, inclusive Lula, poderão responder por corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro, caso a Justiça decida torná-los réus.

De acordo com o procurador, Lula recebeu R$ 3,7 milhões em propinas da OAS, pagas de forma dissimulada, como a compra e reforma de um apartamento triplex no município do Guarujá, no litoral de São Paulo, além do custeio do armazenamento de bens do ex-presidente. O procurador afirmou que há quatorze conjuntos de evidências contra o petista, que teria sido o “maior beneficiário do esquema”.

O procurador ainda afirmou que “todas as provas nos levam a crer, acima de qualquer dúvida razoável, que Lula era o maestro desta grande orquestra concatenada para saquear os cofres da Petrobrás e de outros órgãos públicos. Era o general que estava no comando da imensa engrenagem desse esquema, que chamamos de propinocracia”. O procurador afirmou só Lula teria o poder necessário para estabelecer todos os laços desse esquenma de corrupção. O procurador ainda afirmou que Lula não teria como saber da existência de todo este esquema de corrupção, como fez na época do Mensalão.

O procurador também afirmou que o Petrolão não se restringia à Petrobrás, já que há provas de que também envolvia a Eletrobrás, o Ministério do Planejamento e da Saúde, a Caixa Econômica Federal, dentre outros órgãos e empresas públicas. A Petrobrás era o alvo preferido, já que seus investimentos chegaram a corresponder a 75% dos investimentos públicos em alguns momentos. Segundo o procurador, só era possível possuir um alto cargo na Petrobrás quem se dispusesse a participar do esquema e receber as propinas negociadas. O procurador afirmou que “a distribuição de cargos no governo era feita, conscientemente, com fins arrecadatórios. Quando Lula assumiu o governo em 2003, tinha apoio de 254 deputados. Após (Lula) adotar uma política de distribuição de cargos, que envolvia mais de 18 mil cargos de confiança, em maio de 2003, a base aliada era composta por 353 deputados.”

O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende Lula e sua esposa, em entrevista coletiva à imprensa, afirmou que as denúncias não têm fundamentos legais e são todas mentirosas.

Agora cabe à Justiça, na pessoa do juiz federal Sérgio Moro, aceitar ou não a denúncia. O Brasil já aceitou.

*Wilson de Oliveira é mineiro de Cataguases e divide sua vida entre Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Comentários

comentários

Comentários

  1. Teresinha Winter disse:

    Com todos os esquemas feitos ao longo desses anos de governo, só conseguiram apurar esse apartamento e o tal do sítio ligados ao ex-presidente Lula? Que pobreza! Pelos assuntos apresentados pelo MPF, essas duas coisinhas não são nada! Duvido que seja só isso o que rendeu a grande maracutaia nacional. É só a ponta do iceberg.

  2. Edgar Fabbrini disse:

    Para quem, como eu, viveu a época das greves no ABC e se indignou com a forma que Lula iludia e manobrava os pobres operários, não consegue imaginar como o povo brasileiro demorou 13 anos para perceber que esse indivíduo não passa de um bandido frio, calculista e aproveitador dos humildes. Me dá pena de ver que tem ainda um restinho de pessoas, normalmente ignorantes que ainda não estão acreditando nas evidências dessa gatunagem que levou o Brasil ao fundo poço. Felizmente temos Deltan Dallagnol e Sérgio Moro que finalmente devem colocar esse crápula na cadeia e fazê-lo devolver, ao menos parte do que nos surrupiou.

  3. Rosangela disse:

    Só quero uma coisa: Que esse ladrão devolva tudo o que roubou do povo brasileiro, sem enrolação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*