Lula e Dilma terão novas dores de cabeça

Fachin retira sigilo de delações dos marqueteiros do PT. Lula e Dilma terão novas e atrozes dores de cabeça ainda hoje.

O relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, o ministro Edson Fachin determinou a derrubada de sigilo das delações premiadas do casal João Santana e Mônica Moura. O casal de marqueteiros admitiu ter recebido dinheiro sujo pelos serviços prestados em campanhas presidenciais do PT, tanto de Lula quanto de Dilma. Conforme o site G1, Fachin também autorizou a retirada de sigilo da colaboração premiada de André Luis Reis Santana, funcionário de Santana e Mônica.

Vinte e quatro horas depois de Curitiba, Lula e Dilma terão novas e atrozes dores de cabeça ainda hoje, porque tudo será revelado. O documento com o conteúdo das delações, entretanto, ainda não está disponível no sistema do STF.

Os marqueteiros atuaram nas campanhas do ex-presidente Lula, em 2006, e nas duas disputas de Dilma ao Planalto, em 2010 e 2014.

*Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em Santa Catarina, foi para o Rio Grande do Sul aos vinte anos. Foi presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas entre 1962 e 1963. Foi secretário da Indústria e Comércio e da Fazenda de Porto Alegre, além de secretário de Relações Internacionais e chefe da Casa Civil do governo do estado do Rio Grande do Sul. Foi preso duas vezes durante o regime militar brasileiro, em 1962 e 1972. Publicou um livro sobre esta experiência, chamado Ahú, diário de uma prisão política. Trabalhou nos jornais Diário Catarinense, Correio da Manhã, Última Hora, Gazeta Mercantil, Zero Hora, Correio do Povo e Jornal do Comércio, e nas revistas nas Veja e Exame. Também apresentou e participou de programas de televisão na RBS, Band, TV Pampa e TV Guaíba além de programas de rádio. Blog do Políbio Braga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *