Início » Norma Pedregal » Lugar da mulher é onde ela quiser!

Lugar da mulher é onde ela quiser!

Após as contestadas, e até mesmo idiotas, declarações do presidente Michel Temer no Dia Internacional da Mulher, onde o presidente disse que o papel das mulheres na economia é serem astutas seguidoras do orçamento doméstico, capazes de notar as flutuações de preços, e ainda ressaltar que as mulheres, “além de cuidar dos afazeres domésticos” e serem as responsáveis pela educação dos filhos, ganham “cada vez mais espaço” no mercado de trabalho.

É bom frisar que cuidar da casa e dos filhos não desmerece ninguém e deveria ser função do casal, e não apenas das mulheres. Homens que pensam assim deveriam é viver sozinhos enquanto não fossem homens com H maiúsculo! A maioria dos homens que acham que só por serem dotados de pênis isto já lhes garante uma supremacia, deveriam repensar seus pontos de vista e deixarem de ser babacas. Não há outro termos para me referir a este tipo de pensamento.

A rede carioca de supermercados Prezunic demonstrou um dado bastante interessante: as mulheres são responsáveis por 33% dos cargos de liderança da empresa, acima da média global de 24%. Elas ocupam cargos de diretoras, gerentes, coordenadoras, ou seja, fazem muito mais do que analisar preços no mercado e cuidar de casa. No grupo Ceconsud, ao qual o Prezunic pertence, as mulheres respondem por 52% dos empregos.

Ou seja, nem toda empresa é estúpida o bastante para achar que o lugar das mulheres é dentro de casa, cuidando dos filhos.

Infelizmente muita gente ainda pensa como o Temer e infelizmente ainda somos uma sociedade onde homens se sentem inferiorizados quando são liderados por mulheres. Mas, felizmente temos mulheres que superaram isto, como Maria Sílvia Bastos, que sempre se destacou em todos os cargos que ocupou, sendo em empresas privadas, como em empresas públicas, no caso o BNDES.

Já passou a época que profissão de mulher era ser professora primária. Este tempo não existe mais!

Na área de prestação de serviços, as mulheres já vem se destacando há muito tempo. Médicas, dentistas, advogadas, psicólogas já temos aos montes. Agora é a vez de conquistarmos cargos nas esferas de direção de empresas privadas. Mas a resistência é grande, e a burrice machista também!

Pois que fique o aviso: lugar da mulher é onde ela quiser!

*Norma Pedregal é socióloga de formação, já tem uma “certa idade”, mora em São Paulo e, como ela mesma diz, é uma encrenqueira por excelência.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*