Dilma exonera mais um general que criticou seu governo

Dilma exonera mais um general que criticou seu governoMesmo diante de tantos problemas políticos, Dilma Rousseff continua exonerando militares que critiquem seu governo. Ela se esquece que militar também é cidadão e tem o direito de se manifestar como tal. Dessa vez a vítima da ira da ex-guerrilheira e atualmente ainda presidente da República foi o laureado general José Carlos De Nardi, militar desde 1961, que estava à frente do Comando do Estado Maior das Forças Armadas. Que Dilma não gosta de militares e os esnoba, menosprezando-os, já é notório, mas exonerá-los um a um é absurdo. O, no caso de De Nardi, por ousar discordar tecnicamente sobre estratégia já é loucura.

O general José Carlos De Nardi estava trabalhando na coordenação da área de segurança das Olimpíadas, situação na qual é especialista. Numa entrevista, o general, com toda razão, criticou a decisão do governo de liberar o visto para turistas no período dos Jogos Olímpicos em 2016, sob a alegação de que era menos uma barreira para conter pessoas que viessem para praticar crimes no Brasil. E estes crimes aos quais o general se refere podem muito bem ser ataques terroristas, já que na Olimpíada de Munique, em 1972, atletas de Israel foram mortos, vitimados por atos terroristas. O general ainda ressalvou que a decisão não era do Ministério da Defesa, pois este ministério está preocupado com a segurança no decorrer do evento.

Uma das característica pessoais do general De Nardi é sua postura séria e correta ao longo de sua vida militar. Ele tem alguns posicionamentos firmes e extremamente lúcidos em relação á segurança nacional, inclusive defendendo a necessidade de um satélite próprio, exclusivo para o monitoramento de nossa defesa nacional e de submarinos nucleares para que a Marinha possa realmente garantir nossa soberania sobre nosso mar territorial.

O general De Nardi participou das decisões e do planejamento militar da Jornada Mundial da Juventude, da Copa das Confederações, ambas em 2013, e da Copa do Mundo, em 2014 e também coordenou ações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Rio de Janeiro, quando as Forças Armadas foram convocadas para assumir o controle das Favelas do Alemão e da Maré entre abril de 2014 e junho de 2015, ou seja, é um militar preparado e cônscio de seus deveres para com a pátria brasileira e deve ser tratado com mais respeito. É um absurdo jogar fora o talento e a competência de quem realmente quer o bem do Brasil.

Mais uma vez Dilma Rousseff agiu contra o Brasil, incentivada pelos seus rancores pessoais e a favor apenas de seu governo, destruidor e inimigo da pátria brasileira.

*Wilson de Oliveira é mineiro de Cataguases e divide sua vida entre Minas Gerais e Rio de Janeiro.

7 thoughts on “Dilma exonera mais um general que criticou seu governo

  1. Francisco Bendl disse:

    As FFAA não são mais as mesmas!
    Atualmente, aquartelados, cidadãos e cidadãs travestidos em militares, e fantasiados de uniformes camuflados.
    Quem diria que ainda assistiríamos, atônitos, que um general de quatro estrelas obedecesse um comunista, Aldo Rebello, um ministro multiuso, que ora é dos Esportes, ora da Cultura, ora de Plantão, ora apenas fazendo parte do staf da presidente, ora chefiando as FFAA porque absolutamente medrosa e temerária de exercer as suas obrigações constitucionais!
    Por infinitamente menos razões, Jango foi deposto.
    A pergunta é inevitável:
    As FFAA tiveram “coragem” para esta tarefa porque os americanos iriam ajudar e, atualmente, sem este auxílio militar, a valentia se dissipou?!
    Na verdade eu fiz parte de um Exército de VERDADE!
    Recruta em 1969, fui promovido a Cabo, e dei baixa em 1973, e servi na PE, onde havia desde o castigo físico até a expulsão do militar que infringia o RDE e a sua exclusão era a cena mais humilhante na vida de um homem, pois tinha o cinto arrancado, os cadarços do coturno, os botões da túnica, as lapelas eram arrancadas, a tropa dava meia volta, ficava de costas, e o infrator caminhava escoltado até o carro da polícia, que o aguardava fora do quartel!
    Foram duas as expulsões que assisti.
    O soldado era destemido, superior ao tempo, andava traquejado, orgulhoso da sua farda, de defender a Pátria.
    Não existe mais esta qualidade nas FFAA, de destemor.
    Semelhante a um colégio de freiras, os militares de hoje andam de cabeça baixa, silenciosos, inúteis, sem armas modernas, sem munição suficiente, e sendo comandados por ex-guerrilheiros do passado e comunistas!
    Evidente que a Dilma na sua ânsia de se vingar porque presa pelos militares nas décadas de sessenta e setenta, hoje move os generais como peças de xadrez em um tabuleiro político onde joga sozinha, e se diverte, pois o que menos lhe interessa é o resultado, mas a DIVERSÃO!
    Ou alguém pode me afirmar categoricamente que o comunista ministro da Defesa entende mesmo de táticas e estratégias militares?!
    Que fiasco as FFAA de hoje!

  2. Se o general criticou públicamente a Presidente da República, não podia esperar coisa boa porque militar tem que obedecer a rígidas regras de disciplina que lhe permitem sugerir a superior a correção de ordens recebidas. Dilma enfrenta grande bombardeamento de notícias que visam denegri-la.

  3. Francisco Bendl disse:

    O comentarista acima é um sectário petista de plantão, portanto, não possui senso de civismo, senso crítico, sequer pode ser chamado de brasileiro, pois substituiu o patriotismo pelo partidarismo petista e o idealismo pela ideologia arcaica, retrógrada e apátrida bolivariana!
    Dilma é um arremedo como presidente.
    Sem qualquer autoridade moral para governar esta Nação, simplesmente nos conduz celeremente para o fundo do abismo.
    Corrupta, desonesta, imoral e antiética, somam-se a seus defeitos a incompetência e o sentimento de vingança, em face de não ter obtido o apoio popular quando nas décadas de sessenta e setenta esteve presa pelos militares.
    O seu bando de assaltantes, sequestradores, assassinos e ladrões, igualmente foram presos e condenados e, Dilma, a mentirosa, tentou por ocasião da Comissão da Verdade que havia instituído PARA ENCOBRIR A VERDADE, alegar para incultos e incautos que lutara pela democracia quando, na realidade, queria implantar a ditadura do proletariado.
    A presidente não suporta militares, então vai manipulá-los, jogá-los de um lado para outro, humilhá-los, situação que as FFAA deveriam dar um basta, até pelas condições que hoje nos encontramos de nossas tropas tropas estarem absolutamente despreparadas, sem armamentos e munições condizentes ao vasto território nacional se invadido pelos bolivarianistas estúpidos e ridículos.
    O Brasil só não sofreu qualquer invasão efetiva, fosse da Bolívia, Venezuela, Argentina … em face de o povo brasileiro somar várias vezes a população dos países sul-americanos, possuindo um efetivo militar que derrotaria mesmo à base de chineladas e bodoques, pedradas e pauladas, os exércitos invasores!
    Dilma menospreza as FFAA, tem ódio por elas, razão pela qual as nossas defesas estão abandonadas, sem quaisquer renovação e aquisição de armas modernas.
    Tomara que seja impedida de continuar no seu desgoverno, e o País possa voltar a ter esperança de desenvolvimento e libertar-se do Estado Petista, um grupelho formado por bandidos, que visa somente roubar e assaltar o Brasil!

  4. VALDIR FAVARIN disse:

    POVO BRASILEIRO QUE NÃO SUPORTA MAIS ESTE GOVERNO, POR CULPA DE MA GESTÃO E MUITA CORRUPÇÃO,E CHEGADA A HORA DE APOIAR O IMPEACHMENT JÁ,E VAMOS PRAS RUAS NESTE DOMINGO 13 PARA COM MUITO CLAMOR MOSTRAR O QUE QUEREMOS,JÁ QUE O NOSSO EXERCITO ESTA ALGEMADO E HUMILHADO PELAS ATITUDES DE DILMA, E ESTÃO COM AS MÃOS ATADAS SEM MUNIÇÃO E ARMAS SUCATEADAS, SÓ NOS RESTA O NOSSO PODER QUE EMANA DO POVO, E COM ESTE PEDIDO DE IMPEACHMENT DO DR, ÉLIO BICUDO QUE ESTAVA EM MÃOS DE CUNHA E QUE AGORA DEU ANDAMENTO ESTAMOS CONFIANTES QUE PASSE PELA MAIORIA DOS DEPUTADOS, DO SENADO E DEPOIS QUE PASSE TAM BEM PELOS STF PARA O BEM DA NAÇÃO BRASILEIRA, QUE ESTA COMPLETAMENTE DESACREDITADA DESTE GOVERNO DE DILMA. E DE SUA MÁFIA,,QUEREMOS O IMPEACHMENT JÁ.

  5. Peterson disse:

    A culpa por todos esses mandos e desmandos absurdos é tão somente pela omissão dos comandantes das três forças, que a muito tempo deixaram de pensar no Brasil como Nação e com patriotismo. Estão ao longo dos anos comendo nas mãos dos comunistas que chegaram de forma questionável ao poder. Não se unem, não possuem sequer um corporativismo entre seus pares. É um esperando o outro cair para ocupar uma boquinha com turma que controla o dinheiro público. Enquanto isso a tropa amarga a cada ano que se passa desvalorização salarial, precariedade total dos meios, destreinados e desatualizados, trabalhando a base da chibata imposta por regulamentos desatualizados e inconstitucionais. Direitos a diárias e passagens deixam de ser pagos sob a alegação de contingenciamentos. Enquanto o alto escalão promove coquetéis a base de muito whisky e caviar. Com

  6. Peterson disse:

    A culpa por todos esses mandos e desmandos absurdos é tão somente pela omissão dos comandantes das três forças, que a muito tempo deixaram de pensar no Brasil como Nação e com patriotismo. Estão ao longo dos anos comendo nas mãos dos comunistas que chegaram de forma questionável ao poder. Não se unem, não possuem sequer um corporativismo entre seus pares. É um esperando o outro cair para ocupar uma boquinha com turma que controla o dinheiro público. Enquanto isso a tropa amarga a cada ano que se passa desvalorização salarial, precariedade total dos meios, destreinados e desatualizados, trabalhando a base da chibata imposta por regulamentos desatualizados e inconstitucionais. Direitos a diárias e passagens deixam de ser pagos sob a alegação de contingenciamentos. Enquanto o alto escalão promove coquetéis a base de muito whisky e caviar. Com certeza os Generais das antigas se reviram nos túmulos ao verem o que os atuais comandantes em chefe das três forças se tornaram. Três patetas que pensando apenas em interesses próprios massacram seus subordinados somente para continuarem a mamar nas tetas da maquina pública, aceitando as migalhas que caem da mesa dos atuais políticos. Só se pronunciam quando já estão na reserva esquecidos. Ainda é pouco merecem sofrer mais para aprenderem a cumprir o juramento que fizeram. Defender o BRASIL e não partidos políticos se preciso for com o sacrifício da própria vida.

  7. cecy disse:

    FORA DILMA E LEVA SUA CORJA COM VOCÊ, QUE DESTA VEZ NÃO FIQUE UM COMUNISTA EM PÉ PARA DESTRUIR A FAMÍLIA, A MORAL E UMA NAÇÃO. SE TIVESSEM A INTENÇÃO DE FAZER ALGUMA COISA BOA TERIAM FEITO DESDE O INÍCIO, MAS ROUBOU, DESTRUIU NOSSOS ORGULHOS, MATOU E COMANDA A DESORDEM PÚBLICA ATRAVÉS DOS MST’S, CUT E OUTROS VERMELHOS QUE SÓ SERVEM DE MASSA DE MANOBRA, NEM SABEM PORQUE AI ESTÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *