CCJ aprova união estável entre pessoas do mesmo sexo

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou, na manhã desta quarta-feira, dia 08 de março, um importante projeto de lei que altera o Código Civil visando passar a reconhecer a união estável entre pessoas do mesmo sexo e para possibilitar a conversão dessa união em casamento. Este é um importante passo em busca de uma legislação mais adequada às modificações dos costumes no país.

Ao todo foram dezessete votos favoráveis e apenas uma abstenção à proposta, lembrando que a comissão é composta por vinte e sete integrantes.

A decisão é terminativa, ou seja, o projeto de lei já pode ser encaminhado para a Câmara dos Deputados para sua devida aprovação, caso não haja nenhum pedido de recurso para votação no plenário do Senado nos próximos cinco dias úteis.

Sabe-se que o projeto terá enorme oposição por conta da bancada evangélica, sempre tão retrógrada e nem um pouco sensível à esta realidade civilizatória.

*Genival Tatuapé mora em Belo Horizonte, embora seja mineiro de Uberlândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *