Principal » Artigos de Ronaldo Cagiano
Ronaldo Cagiano

À maneira de Sterne

As experiências de quem há anos escolhe sempre a mesma poltrona para viajar mensalmente para o interior de Minas poderia passar despercebido ou cair na banalidade para qualquer viajante. No entanto, quando o passageiro que realiza esse trajeto de Belo Horizonte a Coluna – e não abre mão de viajar no assento 27 – é um jornalista e autor premiado, a viagem rotineira ganha contornos líricos e adquire dimensões estéticas, a partir de uma mirada muito particular no que vê e (re)vive entre o partir e o chegar.
Ronaldo Cagiano

O mestre dos diálogos

Desde que estreou na literatura, no fim dos anos 1960, com "Tremor de terra" (vencedor do Prêmio Nacional de Ficção), a prosa de Luiz Vilela destaca-se por duas características fundamentais: o resgate das histórias comuns, que transcorre numa atmosfera narrativa que busca a simplicidade e a clareza, sem perder a densidade; e a contenção formal, particularizada pela utilização do diálogo, recurso que o autor manuseia com abundância, sem incorrer em obviedade ou repetição. Em “Perdição” (Record, 400 págs.), que marca seu retorno triunfal ao romance, esses aspectos tornam-se ainda mais evidentes, porque trabalhados com mais rigor e estilo, e adensam o enredo. A trama se passa numa fictícia Flor do Campo, microcosmo do interior mineiro, a partir do qual descortina-se um cenário de mazelas e conflitos.