Início » Archive by category "Ricardo Abramovay"
Ricardo Abramovay

Distopia digital

As tecnologias da informação e da comunicação que se difundiram desde o início dos anos 1980 passam a contestar, na prática, o trade-off ensinado pelos manuais. O mais importante, nesta contestação, não é o computador e sim dois atributos a ele associados
Ricardo Abramovay

Carros do seculo XXI

O setor automobilístico global está passando por transformações para as quais o Brasil está de costas. A partir de 2025 a Noruega vai proibir em seu território a venda de carros movidos a gasolina ou a diesel.
Ricardo Abramovay

A infraestrutura do século XXI

Não é só o Brasil que apresenta um extraordinário déficit de infraestrutura. E não é só o Brasil que corre fortemente o risco de preencher este déficit de forma equivocada, fazendo investimentos com o nefasto poder de pavimentar o caminho para o atraso e a insustentabilidade. Juntar infraestrutura, luta contra as mudanças climáticas e desenvolvimento sustentável é uma das mais importantes preocupações da Comissão Global sobre a Economia e o Clima, que reúne um poderoso time de economistas e dirigentes políticos e empresariais em torno do tema.
Ricardo Abramovay

A democracia e os efeitos destrutivos da inovação tecnológica

Mesmo os mais entusiasmados otimistas não têm como deixar de reconhecer que o aumento das desigualdades no mundo contemporâneo está, de alguma maneira, relacionado às vertiginosas mudanças tecnológicas pelas quais passa a economia global. Esta correlação é paradoxal.
Ricardo Abramovay

Desperdício e destruição na era dos plásticos

Os oceanos recebem hoje um caminhão de plásticos por minuto. Isso significa anualmente oito milhões de toneladas que vêm acrescentar-se aos 150 milhões de toneladas ali presentes. Para cada três quilos de peixe, há um quilo de plásticos nos ambientes marinhos.
Ricardo Abramovay

A economia da floresta em pé

Empresas e mercados estão contribuindo de forma surpreendente para a luta contra os ataques a uma das maiores e mais ricas áreas protegidas do mundo, o corredor do Xingu de diversidade socioambiental, com 28 milhões de hectares. É uma superfície superior à do Estado de São Paulo, composta por um mosaico de Terras Indígenas e Unidades de Conservação.
Ricardo Abramovay

A maior ameaça ao crescimento dos EUA

O 1% no topo da pirâmide social norte-americana, que detinha 8% da renda em 1974, quase triplica sua participação em 2014. O 0,01% do cume, que controlava 1% da renda passam a dispor de 5% do total, neste período. Esta concentração é paralela à degradação do sistema educacional norte-americano, hoje entre os piores, quando comparado a outros países desenvolvidos.
Ricardo Abramovay
Ricardo Abramovay

Belo Monte, a idade da pedra

O mundo nunca conheceu tão grande deslocamento de terra e de pedras como na construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no berço do rio Xingu, no Pará. Pode-se encarar esse feito como uma vitória de nossa engenharia. Mas não na segunda década do século 21, em que a revolução solar, os ganhos de eficiência dos geradores eólicos e as formas modernas de energia da biomassa mobilizam os melhores cérebros e as mais ousadas atividades empresariais.
Ricardo Abramovay

Ótimas idéias não andam sozinhas

Inovação para a sustentabilidade tornou-se um desafio incontornável para as empresas, independentemente de seu tamanho ou de seu setor de atuação. Claro que nem todos estão expostos da mesma maneira aos impactos de eventos climáticos extremos, da poluição ou da erosão da biodiversidade. Mas ninguém escapa das alterações nas preferências de mercado, nas bases tecnológicas, na regulação governamental e nas pressões sociais que decorrem dos problemas socioambientais contemporâneos. As oportunidades e as ameaças decorrentes destas alterações estão redesenhando a vida social, embora poucos líderes e poucas corporações consigam integrar de maneira organicamente articulada inovação para a sustentabilidade a seu planejamento estratégico. O segredo para preencher esta preocupante lacuna não está na genialidade de alguns inventores ou no surgimento de tecnologias milagrosas.
Ricardo Abramovay

Como o Brasil afasta-se da inovação energética

Energia é o setor que mais atrai inovações no mundo contemporâneo. O primeiro semestre de 2015 ficará na história como aquele em que teve início a massificação das baterias de uso doméstico e comercial, que permitem atenuar radicalmente a intermitência na oferta de energia solar, conforme foi anunciado recentemente pelo empresário e inovador Elon Musk, criador da Tesla e da SolarCity.