Pedro do Coutto

Roubos e rombos explodem em todo o país!

Por em 22/01/2015
Roubos e rombos explodem em todo o país!

Não há como deixar de reconhecer que o Brasil, infelizmente para a enorme maioria da população, está vivendo um estado de calamidade pública, com roubos e rombos acontecendo e explodindo a torto e a direito, em todas as escalas, em todas as direções. Na administração pública, a desonestidade, que antigamente era uma exceção, ameaça... »

Novos impostos e tarifas terão que refletir na inflação

Por em 18/01/2015
Novos impostos e tarifas terão que refletir na inflação

Num café da manhã com jornalistas, o ministro Joaquim Levy revelou que nos próximos dias o governo deve anunciar aumento de alguns impostos e reajustes de tarifas. Reportagem de Sônia Fernandes e Valdo Cruz, Folha de São Paulo de quarta-feira 14, focalizou amplamente o tema com as declarações do titular da Fazenda. Acrescentou, no... »

A maior despesa do Governo

Por em 16/01/2015
A maior despesa do Governo

A dívida interna do país soma algo bem próximo dos 2 trilhões de reais. É sobre este total que incide a taxa anual Selic, de 11,75%. O que representa um desembolso superior a 200 bilhões ao longo de doze meses. O superávit primário, assim chamado, reside no confronto entre a receita e a despesa... »

Verdades sobre a Selic

Por em 11/01/2015
Verdades sobre a Selic

A verdade básica do panorama financeiro relativo a este plano específico está contida no título, embora muitas vezes lermos o contrário em comentários publicados na imprensa veiculados na televisão. Daí a dificuldade de reduzir-se o montante efetivo da dívida pública interna do país que gira à velocidade de 11,75% ao ano, exatamente o valor... »

Analisando o salário mínimo…

Por em 05/01/2015
Analisando o salário mínimo…

A questão salarial como um todo possui diversos aspectos, a começar pela realidade de que os trabalhadores e servidores públicos brasileiros não são apenas os que percebem o piso básico. Estes compõem uma faixa, muito ampla, de 33%. Porém, e as outras correntes? Na verdade nenhum grupo assalariado deve ter seu reajuste menor do... »

Dilma reduz pensões

Por em 02/01/2015
Dilma reduz pensões

O ministro Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil, anunciou que a presidente Dilma Rousseff está enviando ao Congresso projeto de Medida Provisória estabelecendo reduções em benefícios (direitos, na verdade) hoje existentes na Previdência Social, o destinado a causar maior impacto o corte de 50% nas futuras pensões deixadas para viúvos e viúvas. »

O Brasil possui uma lei anticorrupção

Por em 20/12/2014
O Brasil possui uma lei anticorrupção

Pode parecer incrível, mas o Brasil conta com uma lei anticorrupção, a Lei 12.846/2014, em vigor há quase um ano. Mas não tendo sido ainda regulamentada, tem baixa adesão concreta por parte das empresas, de modo geral. Tanto assim que pesquisa realizada junto a trezentas companhias revela que dela somente tomaram conhecimento trinta e... »

Dilma tem que reforçar ministério para superar crise

Por em 18/12/2014
Dilma tem que reforçar ministério para superar crise

Nesta altura dos acontecimentos, nos quais se refletem com intensidade os inquéritos na Petrobrás e o que eles vêm revelando, não basta a presidente Dilma Rousseff adotar o critério de formar seu novo ministério apenas considerando as indicações partidárias da base aliada no Congresso. Esta escala é importante, mas exige que os nomes escolhidos... »

Quem serão os políticos envolvidos?

Por em 06/12/2014
Quem serão os políticos envolvidos?

Ao afirmar na CPI do Congresso sobre os escândalos da Petrobrás que, em seu depoimento à Polícia Federal dentro do processo de delação premiada, há 35 políticos envolvidos, entre os quais senadores e deputados, o ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa tornou obrigatória a divulgação dos nomes, tarefa que, em primeiro lugar, deve caber... »

Economia depende da estabilidade política

Por em 01/12/2014
Economia depende da estabilidade política

No seu primeiro pronunciamento depois de ter seu nome formalizado pela presidente Dilma Rousseff como novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy anunciou uma política gradual de ajuste fiscal com meta para três anos: 2015, 2016 e, portanto, 2017. Acentuou um superávit de 1,5% respectivamente em 2016 e 2017. Ressaltou, dessa forma, sua confiança em... »

Busca

Colunistas