Marisa Bueloni

Eu canto um salmo

Por em 21/03/2015
Eu canto um salmo

Reina no mundo um desenfreado apelo de sedução e confusão, não condizente com as coisas do espírito. Meninos hipnotizados por jogos de morte; meninas que deixam para trás a infância e a inocência, para requebrarem lascivas e precoces. Casamentos destruídos por traições, ciúmes doentios, mortes dolorosas. Famílias sacrificadas na sua missão primeira de educar... »

Fragmentos de um sábado

Por em 14/03/2015
Fragmentos de um sábado

Fico assim, sem saber por onde começo. Que dia é hoje? E ouço a música do tempo. Acordo do sono dos séculos. Sou alguém atípica. E rezo para que o tempo sacie minha sede de fé. Pode crer. Onde está a margarida e o "paz e amor"? Ficaram lá atrás, quando o sonho existia... »

Enquanto a chuva não vem…

Por em 26/02/2015
Enquanto a chuva não vem…

Comecei a escrever um texto nos dias anteriores às chuvas de fevereiro. Enquanto a chuva não vem... Pensava nas estiagens da vida, na aridez de tantos gestos, nas mortes de quem morre tão inocentemente, nas dores e lutas de todos nós. Desde que começamos a enfrentar a atual situação de escassez hídrica, houve uma... »

Spazzio de La Pace

Por em 21/02/2015
Spazzio de La Pace

O ser humano é alguém de difícil convivência na face da Terra e, em algumas situações, não há o que fazer. O dono do cão sai, deixa-o durante horas, sozinho dentro de casa, e os vizinhos que aguentem. Será que o dono suportaria o seu próprio cão latindo durante uma tarde inteira? Algo me... »

Um olhar para o futuro

Por em 15/02/2015
Um olhar para o futuro

Temos abordado, freqüentemente, as contradições do nosso tempo e refletido sobre a inversão de valores, que acaba por confundir e promover equívocos irreparáveis. Os paradoxos são gritantes. Pregamos a necessidade de uma vida saudável e não respeitamos nosso próprio solo, produzimos poluição de forma desumana e criminosa. Em tempos de massacres anunciados, os desafios... »

Quando entardece…

Por em 07/02/2015
Quando entardece…

É no entardecer que a vida se torna mais intensa e ousa perguntar se, até aqui, tudo correu bem. Depois das três horas da tarde (a Hora em que tudo foi reconciliado em Deus), um novo movimento se faz notar por entre os sussurros diurnos. A tarde recebe do céu um vento ornado de... »

Pobre mundo rico

Por em 01/02/2015
Pobre mundo rico

É lamentável, mas faltam aos nossos tempos os consistentes valores que dão suporte ao desenvolvimento de uma sociedade justa e humana, de bases fortes e dignas. A prática generalizada da corrupção é um exemplo maligno. Hoje, impera a lei da esperteza e escasseiam-se os elementos e conceitos formadores da boa educação. Há um franco... »

Um canto de paz

Por em 26/01/2015
Um canto de paz

Minha alma deseja cantar um canto novo. Uma dessas harmonias benfazejas, capazes de nos fazer sonhar e revolucionar o mundo, o universo eternamente em expansão. Busco compreender o sentido da perene recriação cósmica, e o assombro é colossal. Jamais alguém conseguirá decifrar o grande mistério de Deus. É Ele o Alfa e o Ômega,... »

Velho ano novo

Por em 19/01/2015
Velho ano novo

Não. Não há feliz ano velho e parece não haver nem mesmo feliz ano novo. Ano vai, ano vem, e as mesmas coisas estão aí: o perigo dos conflitos entre países, a crise mundial, violência e muita corrupção. Além de atiradores enlouquecidos que matam vidas ainda florescendo ou que praticam atos de terrorismo. Feliz... »

Deus sabe o que faz

Por em 10/01/2015
Deus sabe o que faz

É ano novo. Frei Saul diria: “Gente, não muda nada, apenas a data na folhinha”. Eu também acho. As nossas batalhas são insignificantes perto das vitórias de Deus. Não temos ideia da Sua grandeza. Todo o universo é pouco para a extensão do Seu poderio. É Ele quem manda no ano novo. Depois que... »

Busca

Colunistas