Maria Cristina Castilho de Andrade

Emoções de outono

Emoções de outono

Experimento, no outono, emoções diferentes. Cessa um tempo de euforia e brilho, que ofusca os olhos, para dar lugar a uma realidade que, às vezes machuca, sem perder a poesia. Carrega, o outono, muito mais saber e eternidade que o pierrô e a colombina que passam abraçados pelas ruas e voltarão, no ano que... »

A respeito da obediência

A respeito da obediência

A obediência está dentre os pilares que, se destruídos ou danificados, provocam a ruína do ser humano. E obedecer não significa ser subserviente, mas coerência como norma de conduta. A cada ano aumenta o desrespeito com as leis, com as regras, com as posturas que elevam o ser humano. Inúmeras e inúmeros se posicionam... »

O olhar deles e o meu

O olhar deles e o meu

Tarde quente de terça-feira. Ainda de férias. Após o teste ergométrico com o propósito de avaliação cardiológica, optei por voltar a pé para casa. Bem distante um ponto do outro. Desejava pisar sobre um fato da véspera, que me apertava em excesso o peito. Considerava que a caminhada me ajudaria. Existem, não obstante os... »

Prejuízos e dádivas

Prejuízos e dádivas

Estamos a um mês do Natal. Desde outubro, porém, os primeiros indícios da festa aparecem em vitrines decoradas, propagandas, ofertas, imagens do Papai Noel... A possibilidade de um lucro maior antecipa os apelos de compra e venda à vista ou em prestações que se estendem até a véspera do evento no próximo ano. A... »

Liberdade ainda que tardia

Liberdade ainda que tardia

“Libertas Quae Sera Tamen”, expressão que adorna a bandeira do estado de Minas Gerais, traduzida como “Liberdade ainda que tardia”. O texto em latim, proposto pelos inconfidentes para marcar a bandeira da república, que idealizaram, no final do século XVIII, foi retirado da primeira Écloga de Virgílio e me traz sempre a figura intensa... »

Histórias que me habitam

Histórias que me habitam

Quando alguém me entrega sua história, além de me comover, me responsabiliza. Peço a Deus pela pessoa e vivencio uma maternidade de cantiga de ninar. Mais do que confiança, de quem me entrega a sua história, é um ato de ternura em busca de acalanto. Conhecemo-nos há dez anos. Acompanhei alguns acontecimentos de seu... »

Com dor no coração

Com dor no coração

Sobre alguns fatos escrevo ou descrevo com emoção imensa. Há acontecimentos que me fazem chorar pela beleza que contêm, outros ao perceber a esperança transformada em realidade. Diversos chegam de uma hora para outra, envoltos em saudade terna, mas existem aqueles que doem demais em mim, são os que me trazem as pessoas em... »

Visita do Papa e jornada da juventude

Visita do Papa e jornada da juventude

Milhões de cristãos do Brasil, em meio aos quais me incluo, estão atentos e com a alma voltada para a visita do Papa Francisco, sucessor de Pedro, ao Rio de Janeiro e Aparecida, motivado pela Jornada Mundial da Juventude, que acontece de dois em dois anos, com testemunho vivo e vibrante da fé. O... »

Por uma fresta

Por uma fresta

Morreu da mesma forma que transcorreram os seus dias a partir da puberdade: na violência. A primeira brutalidade que experimentou foi a do preconceito, ainda menino. Mesmo que permanecesse em um canto na sala de aula, consideravam-no incompatível com as demais crianças da escola. Ou ele ocultava os seus trejeitos, ou se distanciava. Apostaram... »

Quando a vida faz diferença

Quando a vida faz diferença

O menino apegou-se à mamãe à primeira vista. Amor de bisneto à bisavó. Estava com seis anos e ela com 82. Passou a tratá-la de Vozinha. O menino se fez para ela, nos dois dias da semana em que ensinava artesanato, experiência de acalanto. A tal ponto que chegava a abdicar de brincadeiras infantis... »

Busca

Colunistas