Leonardo Boff

Explicando o terror contra o ‘Charlie’

Por em 25/01/2015
Explicando o terror contra o ‘Charlie’

Uma coisa é se indignar contra o ato terrorista que dizimou os melhores chargistas franceses. Trata-se de ato abominável e criminoso, impossível de ser apoiado por quem quer que seja. Outra coisa é procurar analiticamente entender por que tais eventos acontecem. Eles não caem do céu azul. Atrás deles há um céu escuro, feito... »

Je ne suis Charlie

Por em 11/01/2015
Je ne suis Charlie

Há muita confusão acerca do atentado terrorista em Paris, matando vários cartunistas. Quase só se ouve um lado e não se buscam as raízes mais profundas deste fato condenável mas que exige uma interpretação que englobe seus vários aspectos ocultados pela midia internacional e pela comoção legítima face a um ato criminoso. Mas ele... »

Para os que querem deixar o Brasil…

Por em 17/11/2014
Para os que querem deixar o Brasil…

É espantoso ler nos jornais e mensagens nas redes sociais e mesmo em inteiros youtubes a quantidade de pessoas, geralmente das classes altas ou os ditos “famosos” que lhes custa digerir a vitória eleitoral da reeleita Dilma Rousseff do PT. Externam ódio e raiva, usando palavras tiradas da escatologia (não da teológica que trata... »

Para entender a vitória de Dilma Rousseff

Por em 02/11/2014
Para entender a vitória de Dilma Rousseff

Nestas eleições presidenciais, os brasileiros e brasileiras se confrontaram com uma cena bíblica, testemunhada no salmo número um: tinha que escolher entre dois caminhos: um que representa o acerto e a felicidade possível e outro, o desacerto e infelicidade evitável. Criaram-se todas as condições para uma tempestade perfeita com distorções e difamações, difundidas na... »

O humor como expressão de saúde psíquica e espiritual

Por em 24/07/2014
O humor como expressão de saúde psíquica e espiritual

Todos os seres vivos superiores possuem acentuado sentido lúdico. Basta observa os gatinhos e cachorros de nossas casas. Mas o humor é próprio só dos seres humanos. O humor nunca foi considerado tema “sério” pela reflexão teológica, sabendo-se que ele se encontra presente em todas as pessoas santas e místicas que são os únicos... »

O tempo das utopias mínimas viáveis

Por em 12/05/2014
O tempo das utopias mínimas viáveis

Não é verdade que vivemos tempos pós-utópicos. Aceitar esta afirmação é mostrar uma representação reducionista do ser humano. Ele não é apenas um dado que está ai fechado, vivo e consciente, ao lado de outros seres. Ele é também um ser virtual. Esconde dentro de si virtualidades ilimitadas que podem irromper e concretizar-se. Ele... »

1964: o uso dos militares pelos grupos civis reacionários

Por em 19/04/2014
1964: o uso dos militares pelos grupos civis reacionários

O golpe militar ocorrido há 50 anos, pela violência que implicou, agora devidamente tirada a limpo pela Comissão Nacional da Verdade, não pode deixar nenhum cidadão honesto indiferente. O que os militares cometeram foi um crime de lesa-pátria. Alegam que se tratava de um estado de guerra, um lado querendo impor o comunismo e... »

O significado de Mandela para o futuro da humanidade

Por em 16/12/2013
O significado de Mandela para o futuro da humanidade

Nelson Mandela, com sua morte, mergulhou no inconsciente coletivo da humanidade para nunca mais sair de lá, porque se transformou num arquétipo universal, do injustiçado que não guardou rancor, que soube perdoar, reconciliar polos antagônicos e nos transmitir uma inarredável esperança de que o ser humano ainda pode ter jeito. Depois de passar 27... »

O que o Papa Francisco trouxe até agora de novo

Por em 30/07/2013
O que o Papa Francisco trouxe até agora de novo

É arriscado fazer um balanço do pontificado de Francisco, pois o tempo decorrido não é suficiente para termos uma visão de conjunto. Numa espécie de leitura de cego que capta apenas os pontos relevantes, poderíamos elencar alguns pontos. Como se depreende, são novos ares, nova música, novas palavras para velhos problemas que nos permitem... »

Novo Papa: alguém com autoridade moral para fazer mudanças

Por em 24/03/2013
Novo Papa: alguém com autoridade moral para fazer mudanças

A grave crise moral que atravessa a Igreja fez com que o conclave elegesse alguém com autoridade e coragem para fazer profundas reformas na Cúria e para inaugurar uma forma de exercício do poder papal que seja mais conforme ao espírito de Jesus e adequado à nova consciência da humanidade. Francisco é seu nome.... »

Busca

Colunistas