João Oliveira

A jóia da verdade

Por em 28/08/2014
A jóia da verdade

O Sultão andava de um lado para o outro na torre de observação sempre mirando a linha do horizonte no deserto. O mercador que estava trazendo a Jóia da Verdade já demorava cinco dias além do prazo estipulado. Não era medo de perder o valor pago que o deixava assim, era a ansiedade por... »

Não é engraçado como são as palavras?

Por em 17/08/2014
Não é engraçado como são as palavras?

Elas podem ser lidas (como agora), pensadas, faladas, escritas, rimadas, cantadas... Impressionante o que se pode fazer com um grupo de palavras: elogiar, ofender, defender, revelar, mentir, explicar, complicar. Justamente as palavras é que formam os pensamentos então, os cientistas descobriram isso, então uma pessoa que possui muitas palavras na mente pode elaborar melhor... »

Vírus KM 137

Por em 02/08/2014
Vírus KM 137

Com o surgimento das drogas de controle os infectados, agora, podem quase viver normalmente. A química consegue desacelerar o ciclo celular e, embora não destrua o vírus, permite uma longevidade quase normal aos infectados. Não há cura (esqueça isso) temos controle. O que mudou em nossa sociedade com este vírus? Podia-se pensar que a... »

O peixe voador

Por em 30/07/2014
O peixe voador

Um grupo de pessoas pode estar se lançando em mundos diferentes, além do horizonte conhecido de seus pares, isso traz uma grande satisfação e vontade de partilhar novas informações. No entanto, pense bem, isso pode não ser bem recebido por quem nunca foi além de suas próprias fronteiras. Também é bom pensar que, por... »

Matei um homem

Por em 16/07/2014
Matei um homem

Saber reconhecer suas falhas pode ser o fator mais importante para o crescimento pessoal. Entretanto, não é possível matar parte de você como se fosse um jornal velho que queimamos no quintal. Sempre haverá lembrança dos erros e isso pode ser o guia para os acertos futuros. (...) Falar disso me causa uma sensação... »

O estacionamento

Por em 11/07/2014
O estacionamento

Há algum tempo eu estava conversando com um amigo que construía um grande estacionamento. Ele me dizia da importância de conhecer o fluxo de veículos por dia, o tipo de carros, seu peso e o horário de funcionamento para poder prever o perfil da obra que iria fazer. Não me pareceu algo complicado, afinal... »

A carta

Por em 05/07/2014
A carta

Querido amigo, escrevo esta carta no intuito de remediar a longa ausência de contato entre nós. Escolhi este método por ser pouco usual e existir além da temporariedade. Veja, hoje na era cibernética é fácil mandar e-mails, sms, falar ao celular, mas, carta de papel, escrita a caneta, é uma coisa cada vez mais... »

O novo mercado de trabalho

Por em 29/06/2014
O novo mercado de trabalho

O ambiente no mercado de trabalho vem mudando bastante nos últimos anos, principalmente, após o surgimento dos sistemas de gestão. Afirmar que a culpa pela recente transformação é somente obra da tecnologia que cria, a cada instante, novas ofertas de serviço, que necessitam de ágeis operadores, também seria um exagero. Outras circunstâncias alteram o... »

Múltiplos

Por em 21/06/2014
Múltiplos

Não havia muito por onde andar. As águas haviam baixado e, o que antes era um vasto continente, agora pareciam ilhas distantes. Numali, bela deusa dos antigos, olhava com tristeza o passado glorioso de cidades estados que agora estavam nas regiões abissais de um imenso oceano. (...) Numali baixou a cabeça, o ar de... »

Fé e esperança!

Por em 15/06/2014
Fé e esperança!

Em alguns momentos da vida podemos nos pegar em situações onde acreditamos que não existe saída para à situação que estamos imersos. O poço, de tão profundo, não permite ver a luz que orienta à saída. Nesse instante pode ser que percamos a fé e a esperança. Condicionamos essas palavras para esses momentos especiais... »

Busca

Colunistas