Cinthya Nunes Veira da Silva

Jardins da alma

Por em 25/01/2015
Jardins da alma

Fico pensando nos jardins que amo e é quase inevitável fazer uma relação com a vida das pessoas. Muitas vezes passamos tempo demais a reclamar que beija-flores e borboletas não vem até nós, mas nem nos damos conta de que sequer preparamos um jardim para isso e vamos nos amargurando ao olhar os jardins... »

A pressa do outro

Por em 08/01/2015
A pressa do outro

Os professores, por exemplo, sabem muito bem do que eu estou falando. Essa época de final de ano é especialmente conturbada. É todo um universo variado de pessoas, com interesses múltiplos, sendo que alguns deles são conflitantes. Há muito tempo desisti de me preocupar em agradar a todos. Aliás, quem sou eu para isso?... »

Em um novo tempo…

Por em 31/12/2014
Em um novo tempo…

Há anos em nossas vidas que passam meio insípidos, inodoros, mas esse não foi o caso de 2014, que se mostrou um ano particularmente intenso para mim. Foi um ano de muito trabalho, de várias preocupações, de muitos planos e de mudança de planos também. Passei alguns sustos com resultados de exames, passei raiva... »

O espírito dos natais futuros

Por em 25/12/2014
O espírito dos natais futuros

Normalmente, nessa época do ano, sou tocada pelo Espírito dos Natais Passados, até por ser uma data que normalmente traz muitas recordações, lembranças da infância, de pessoas que o tempo tomou para si. Penso que isso, inclusive, não é um sentimento que apenas toque a mim, mas a todos que, em algum momento de... »

Sobre a indignação

Por em 13/12/2014
Sobre a indignação

Já perdi a conta de quantos textos eu escrevi e dei o nome de indignação. Da mesma forma, também não sei mais quantas foram as vezes nas quais me indignei com algo, até porque prossigo me indignando todos os dias ou até várias vezes no mesmo dia. Eu penso que, quando nascemos, algumas paixões... »

Coisas de criança

Por em 29/10/2014
Coisas de criança

Para minha sorte, as minhas recordações de criança são as melhores possíveis. Não vivi grandes perdas, não passei fome, não sofri agressões e cresci em meio a uma família normal, repleta de pessoas que me direcionam amor e proteção. Assim, lembrar da infância, para mim é sempre uma viagem íntima a um lugar de... »

Uma questão de respeito

Por em 19/10/2014
Uma questão de respeito

Pode até parecer estranho dizer isso, mas uma das lições mais difíceis que aprendi foi respeitar a opinião alheia. Creio que quanto mais jovens somos, mais temos uma inclinação de desejar que nossa vontade, nossas crenças e nossos desejos prevaleçam. Aprender que é necessário manter distanciamento em certos momentos, que amar também é entender... »

Candidatos e eleitores

Por em 10/10/2014
Candidatos e eleitores

O que tenho observado nessas décadas que começo a acumular de vida é que os candidatos, de um modo geral, mudam de discurso muito facilmente. É certo que é preciso ficar atento às mudanças da sociedade e saber que da mesma forma como se alteram os comportamentos, devem igualmente ser alteradas as leis, os... »

As boas coisas da vida

Por em 06/10/2014
As boas coisas da vida

Há tempos preocupa-me bastante o fato das boas notícias não ocuparem, nas diversas mídias, a mesma quantidade de espaço e de destaque. Se a pessoa começar a acompanhar todos os noticiários do dia, pode começar a desenvolver sérios medos e até mesmo um pânico de existir nesse mundo. Alguns programas de televisão, sobretudo, parecem... »

A majestade, o sabiá

Por em 20/09/2014
A majestade, o sabiá

Assim, nunca imaginei que, ao morar em São Paulo, pudesse ter pássaros circulando por todos os lados, livres como deviam, adaptados a um mundo que alteramos para além do razoável. Fico imaginando, assim, onde os sabiás fazem seus ninhos, pois é certo que não cantam à toa, senão para seduzir as fêmeas e começar... »

Busca

Colunistas