Anariam Alves

Como é difícil aceitar o outro…

Por em 11/11/2013
Como é difícil aceitar o outro…

Como é difícil aceitar o outro compreendendo a sua natureza, a individualidade. Pensamos, ao encontrarmos alguém, que com o tempo fica pertinho, que nossos desejos serão atendidos porque afinal, é a pessoa! Coitada da pessoa, se soubesse o peso, a responsabilidade que depositamos em seus ombros, por certo não fecharia o contrato de amizade... »

E se não for verdade?

Por em 30/11/2012
E se não for verdade?

Ouvi uma lenda que achei interessante: “Certa vez uma deusa percebendo que o homem vive em busca da ‘verdade’ determinou que em forma de um imenso espelho esta viesse para Terra. No transporte houve um acidente e o grande espelho, ao entrar em contado com a Terra, despedaçou-se, seus incontáveis pedaços foram espalhados por... »

Desculpa sempre!

Por em 01/09/2012
Desculpa sempre!

Na certeza de que somos aprendizes da "escola da vida", compartilho com vocês a bela página encontrada em o livro “Vida Feliz” de autoria de Joanna de Angelis, por Divaldo Franco: “Desculpa, sinceramente, a ignorância dominante. Não esperes justificativas do outro, o teu ofensor. Supera os ingredientes indigestos da agressão dele e mantém-te bem,... »

O meu amigo e eu

Por em 08/07/2012
O meu amigo e eu

Demonstração do quanto já evoluímos socialmente é a forma como nos reportamos ao outro. Ante a facilidade da linguagem falada e escrita, uma das expressões mais utilizada é: meu amigo ou minha amiga! Basta que a pessoa seja simpática ou atenda aos nossos desejos, corresponda às nossas expectativas ou facilite a nossa... »

A intriga

Por em 23/04/2012
A intriga

No livro "Vida Feliz", ditado pelo espírito Joanna de Ângelis, por Divaldo Franco, encontramos em todas as páginas, sugestões eficazes à nossa libertação. Libertação da mente. Ao ler os textos, cada mensagem, individualmente, encerra um convite específico: “a percepção do nosso proceder”. Sempre direcionada ao leitor, apresenta farto material para o exercício diário.... »

O que desejamos?

Por em 08/01/2012
O que desejamos?

Quando desejamos fazer algo em favor de alguém devemos pensar na motivação. As perguntas que não podem faltar: o que motivou a minha atitude? O que espero como resultado? Como reagirei se o beneficiado não reconhecer o meu ato? Parece bobagem, mas não é. Encontro pessoas atravessando crises, porque realizaram algo em favor de... »

Considerações sobre Educação nas constituições brasileiras

Por em 17/12/2011
Considerações sobre Educação nas constituições brasileiras

A temática Educação sempre esteve presente, em todas as Constituições brasileiras, permitindo-nos identificar, por certo, a ideologia correspondente a cada época. Diariamente, constatamos a falta de educação nas relações humanas. A indiferença que dá ensejo à morte da esperança; a falta de solidariedade que identifica a ausência de cooperação, necessária à vida. Quando... »

Pessoa mais ou menos

Por em 03/12/2011
Pessoa mais ou menos

Muitas pessoas gostam de ser mais ou menos. São mornas por natureza: não trocam, não somam, não contribuem. Ser pessoa mais ou menos, independe de sexo, de cor, de classe social, de escolaridade, é escolha pessoal. São pessoas que nunca dizem o que pensam, porque não sabem pensar; aprenderam a reagir e sabem compor... »

Censurar….

Por em 26/11/2011
Censurar….

Existem pessoas que acreditam que foram contratadas pela vida para realizar o papel de censor. Realizam, em decorrência, a censura por onde passam e, não satisfeitas, acumulam o cargo de julgadoras, condenando sempre aquelas que, simplesmente humanas, realizam o que podem e como podem. Gravemente doentes, essas pessoas são aplaudidas pelos seus pares e... »

A nossa historinha….

Por em 13/11/2011
A nossa historinha….

Crescemos ouvindo muitas historinhas. Algumas repetimos no decorrer de nossas vidas, outras esquecemos pelo caminho. Existem aquelas, porém, as quais procuramos sustentá-las a qualquer custo. Elas podem ser comparadas ao dogma, ao sagrado: inquestionáveis, incomparáveis! Em decorrência, tornamo-nos crentes fervorosos. Se a crença permanece como fator motivador para nossa vida, é fabuloso! Se surge... »

Busca

Colunistas