グッチ アウトレット グッチ バッグ グッチ 財布 グッチ 長財布 グッチ 激安 gucci 財布 グッチ アウトレット 店舗 グッチ バッグ メンズ グッチ 財布 203550 グッチ 長財布 本物 グッチ 激安 バッグ gucci 財布 アウトレット グッチ アウトレット グッチ バッグ 新作 グッチ 財布 新作 グッチ 長財布 メンズ グッチ 激安 通販 gucci 財布 2015 グッチ アウトレット 店舗 グッチ バッグ 人気 グッチ 財布 アウトレット グッチ 長財布 激安 本物 グッチ 激安 本物 gucci 財布 レディース グッチ アウトレット グッチ バッグ 通販 グッチ 財布 2015 グッチ 長財布 レディース グッチ バッグ 激安 gucci 財布 通販 グッチ アウトレット 店舗 グッチ バッグ ピンク グッチ 財布 レディース グッチ 長財布 人気 グッチ 財布 激安 gucci 財布 激安 グッチ アウトレット グッチ バッグ 本物 グッチ 財布 通販 グッチ 長財布 アウトレット グッチ 激安 財布 gucci 財布 人気 グッチ アウトレット 店舗 グッチ バッグ メンズ
Anariam Alves | Debates Culturais – Liberdade de Idéias e Opiniões

Anariam Alves

Como é difícil aceitar o outro…

Por em 11/11/2013
Como é difícil aceitar o outro…

Como é difícil aceitar o outro compreendendo a sua natureza, a individualidade. Pensamos, ao encontrarmos alguém, que com o tempo fica pertinho, que nossos desejos serão atendidos porque afinal, é a pessoa! Coitada da pessoa, se soubesse o peso, a responsabilidade que depositamos em seus ombros, por certo não fecharia o contrato de amizade... »

E se não for verdade?

Por em 30/11/2012
E se não for verdade?

Ouvi uma lenda que achei interessante: “Certa vez uma deusa percebendo que o homem vive em busca da ‘verdade’ determinou que em forma de um imenso espelho esta viesse para Terra. No transporte houve um acidente e o grande espelho, ao entrar em contado com a Terra, despedaçou-se, seus incontáveis pedaços foram espalhados por... »

Desculpa sempre!

Por em 01/09/2012
Desculpa sempre!

Na certeza de que somos aprendizes da "escola da vida", compartilho com vocês a bela página encontrada em o livro “Vida Feliz” de autoria de Joanna de Angelis, por Divaldo Franco: “Desculpa, sinceramente, a ignorância dominante. Não esperes justificativas do outro, o teu ofensor. Supera os ingredientes indigestos da agressão dele e mantém-te bem,... »

O meu amigo e eu

Por em 08/07/2012
O meu amigo e eu

Demonstração do quanto já evoluímos socialmente é a forma como nos reportamos ao outro. Ante a facilidade da linguagem falada e escrita, uma das expressões mais utilizada é: meu amigo ou minha amiga! Basta que a pessoa seja simpática ou atenda aos nossos desejos, corresponda às nossas expectativas ou facilite a nossa... »

A intriga

Por em 23/04/2012
A intriga

No livro "Vida Feliz", ditado pelo espírito Joanna de Ângelis, por Divaldo Franco, encontramos em todas as páginas, sugestões eficazes à nossa libertação. Libertação da mente. Ao ler os textos, cada mensagem, individualmente, encerra um convite específico: “a percepção do nosso proceder”. Sempre direcionada ao leitor, apresenta farto material para o exercício diário.... »

O que desejamos?

Por em 08/01/2012
O que desejamos?

Quando desejamos fazer algo em favor de alguém devemos pensar na motivação. As perguntas que não podem faltar: o que motivou a minha atitude? O que espero como resultado? Como reagirei se o beneficiado não reconhecer o meu ato? Parece bobagem, mas não é. Encontro pessoas atravessando crises, porque realizaram algo em favor de... »

Considerações sobre Educação nas constituições brasileiras

Por em 17/12/2011
Considerações sobre Educação nas constituições brasileiras

A temática Educação sempre esteve presente, em todas as Constituições brasileiras, permitindo-nos identificar, por certo, a ideologia correspondente a cada época. Diariamente, constatamos a falta de educação nas relações humanas. A indiferença que dá ensejo à morte da esperança; a falta de solidariedade que identifica a ausência de cooperação, necessária à vida. Quando... »

Pessoa mais ou menos

Por em 03/12/2011
Pessoa mais ou menos

Muitas pessoas gostam de ser mais ou menos. São mornas por natureza: não trocam, não somam, não contribuem. Ser pessoa mais ou menos, independe de sexo, de cor, de classe social, de escolaridade, é escolha pessoal. São pessoas que nunca dizem o que pensam, porque não sabem pensar; aprenderam a reagir e sabem compor... »

Censurar….

Por em 26/11/2011
Censurar….

Existem pessoas que acreditam que foram contratadas pela vida para realizar o papel de censor. Realizam, em decorrência, a censura por onde passam e, não satisfeitas, acumulam o cargo de julgadoras, condenando sempre aquelas que, simplesmente humanas, realizam o que podem e como podem. Gravemente doentes, essas pessoas são aplaudidas pelos seus pares e... »

A nossa historinha….

Por em 13/11/2011
A nossa historinha….

Crescemos ouvindo muitas historinhas. Algumas repetimos no decorrer de nossas vidas, outras esquecemos pelo caminho. Existem aquelas, porém, as quais procuramos sustentá-las a qualquer custo. Elas podem ser comparadas ao dogma, ao sagrado: inquestionáveis, incomparáveis! Em decorrência, tornamo-nos crentes fervorosos. Se a crença permanece como fator motivador para nossa vida, é fabuloso! Se surge... »

Busca

Colunistas