Início » João Antônio Pagliosa » Alergias: por que crescem tanto?

Alergias: por que crescem tanto?

As alergias vem afetando muito as pessoas. E, cada vez mais.

As alergias eram algo raro algumas poucas décadas atrás, hoje, porém, é um problema sério de saúde para muita gente.

O aumento no número de pessoas alérgicas tem várias origens. Uma que chama nossa atenção, é o excesso de higiene, por incrível que isso possa parecer.

Pois é, o excesso de higiene, fatalmente levará o corpo humano a ausência de contato com agentes infecciosos, principalmente durante a infância. Isso resulta em inabilidade ou vulnerabilidade do sistema imunológico porque nossas defesas naturais não são acionadas, e se nosso sistema imune não é ativado ele fica preguiçoso, e nossa imunidade cai radicalmente.

O médico epidemiologista David Stracham, ainda no final dos anos oitenta, desenvolveu a “Hipótese da Higiene”, que em sua essência discute o crescimento do número de pessoas alérgicas correlacionando-as com higiene excessiva, e também com os diversos métodos que previnem o surgimento de doenças, com ênfase para o uso de vacinas e para o uso de antibióticos.

Se, para qualquer doença usamos tais metodologias, não permitimos que a imunidade natural que há em cada um de nós, se expresse, isto é, o sistema imunológico não é acionado porque o agente da doença foi eliminado antes de nossas células auto-imunes terem condição de agir.

Perdemos imunidade porque não permitimos que a imunidade do corpo atue. Assim, nossa imunidade vai entrando em letargia.

As alergias, por enquanto não tem cura, mas elas tem tratamento.

Assim, alergias alimentares, alergias respiratórias, alergias ao sol, alergias a cápsulas de medicamentos, alergias a madeira, e tantas outras coisas, precisam ser tratadas, porque hoje em dia há gente alérgica para quase tudo.

O tratamento consiste em reintroduzir o alérgeno aos poucos, desde que sob supervisão médica, e seguir monitorando os sintomas.

É preciso fundamentalmente fazer nossa imunidade voltar as suas origens. É preciso fundamentalmente restaurá-la. Daí as alergias certamente recrudescerão.

*João Antônio Pagliosa é engenheiro agrônomo.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*