José Milhazes

Na Rússia já se queimam livros

Dezenas de títulos estão a ser queimados por ordem das autoridades de Komi, uma das repúblicas da Federação da Rússia, só porque a sua edição foi apoiada pelo mecenas norte-americano George Soros.
Ignácio Ramonet

O novo estado da vigilância global

Já não estamos sozinhos frente ao nosso computador. Quem, a essa altura, duvida que estão examinando e filtrando nossas mensagens eletrônicas, nossas pesquisas de internet, nossas conversações nas redes sociais? Cada clique, cada telefonema, cada compra no cartão de crédito e cada navegação na internet, fornecem excelentes informações sobre cada um de nós, que são entregues e analisadas por um império operando nas sombras a serviço de corporações comerciais, empresas publicitárias, entidades financeiras, partidos políticos ou autoridades governamentais.
Leonardo Girundi

Cuidados antes das compras pela internet

A cada dia crescem mais as compras e serviços pela internet. Mas os problemas advindos dessas operações também crescem na mesma proporção. E essa, como as demais modalidades de compras, são regulamentadas pelo Código de Defesa do Consumidor. De qualquer modo, recomendamos ao consumidor adquirir produtos ou serviços somente de fornecedores que disponibilizem seu endereço físico e telefone.
Pedro Bondaczuk
José Renato Nalini

Arriscar-se é preciso

Um pouco de humildade, matéria-prima que também falta à maior parte das pessoas, não faria mal. É preciso, sim, estar atento e procurar antever o que pode ocorrer. Mas não se desesperar se o previsto não acontece e o imprevisto nos deixa perplexos.
John Pilger

O preso político que expõe o Império

Como uma comissão da ONU desmontou farsa montada para calar Julian Assange e o Wikileaks. Por que EUA, constrangidos, já não podem falar em “liberdade de expressão”. O que é certo é que o mundo decente deve muito a Julian Assange.
Percival Puggina

Dedicação total ao fracasso

Engana-se quem supõe que o desastre da pedagogia marxista se dá apenas na sala de aula onde estão os alunos mais vulneráveis. O aluno que recebe dos professores, ano após ano, uma carroça cheia de materialismo histórico, dualismos e conflitos em sociedade de classes, sai da escola pronto para coisa alguma.
Jhonnatha Fernandes

O aborto volta ao debate com o surto de Zika

Não é novidade para ninguém que o país sofre um surto do vírus Zika. E assusta saber o efeito que este vírus causa nos fetos, podendo provocar a microcefalia, uma má formação que impede o desenvolvimento cerebral do bebê. Mas logo que surgiram as primeiras notícias da suposta ligação entre o vírus Zika e a explosão de casos de microcefalia, me veio uma terrível previsão à cabeça. Pensei, não irá demorar muito para usarem este surto para forçarem novamente a ideia do aborto.
Vinício Carrilho Martinez

Estamos todos virando zumbis

Todos sabem que há uma epidemia de zumbis na TVs. Os médicos dizem que não é possível, porque se desligar o sistema nervoso o corpo morre. Muitas também são as suposições do porquê de tanto ataque à consciência mediana; muita gente vê, mas é filme demais.
Bruno Peron Loureiro

Coesão entre países lusófonos

Os países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) cooperam em âmbitos diversos, divulgam a preciosidade da língua portuguesa (principalmente através do Instituto Internacional da Língua Portuguesa), e fomentam a cidadania e a circulação de pessoas entre seus países. Em Portugal, já existe este mecanismo, assim como o Passaporte Andino permite o fluxo livre de pessoas entre países da Comunidade Andina de Nações (Bolívia, Colômbia, Equador e Peru).
Luiz Tito

Vazio geral no Brasil sem governo

O governo acostumou-se com o apedrejamento moral a que foi submetido nos últimos tempos; nada o afeta ou o constrange. A nação evadiu-se da realidade, não cruzou a fronteira que a separa do improviso, da irresponsabilidade fiscal, do jogo político menor e inconsequente.
Ricardo Ernesto Rose

Desastre de Mariana desperta nova mentalidade ambiental

É de se esperar que o "caso Mariana" forme uma nova mentalidade ambiental no Brasil. O controle das atividades econômicas e de seus impactos deve aumentar ao longo dos próximos anos. Emissões de gases, destruição de ecossistemas, preservação de vegetação original e de espécies marinhas, são temas que cada vez mais tomarão importância.
Cezar Santos

Se Lula for preso, como seria sua candidatura em 2018?

Enrolado em casos de corrupção, a possibilidade de o ex-presidente ir para a cadeia aumenta a cada dia. E aí se pode fazer especulação sobre a volta de Lula como candidato em 2018, como alguns petistas ameaçam. Será possível que um personagem envolvido em tantas histórias para as quais não consegue dar explicação plausível consiga votos suficientes para voltar a ser presidente do país?
Pedro Bondaczuk

A peste negra, foco do romance de Albert Camus

A PESTE NEGRA, FOCO DO ROMANCE DE ALBERT CAMUS A epidemia de que Albert Camus trata em sua obra-prima é a de peste bubônica, também conhecida como peste negra. Se ainda hoje, com todos os recursos tecnológicos de informação – celular, internet, jornais, rádio, televisão etc. etc. etc. – ao nosso dispor, é complicado realizar censos populacionais, o que dizer, então. do ano de 1347, tido e havido como o do auge da tal pandemia?... Leia o restante do artigo pelo link abaixo
João Oliveira

Por que o outro me irrita tanto?

De início é bom deixar claro que a raiva (irritação) não é, necessariamente, uma emoção negativa ela surge como mecanismo para alterar as produções endócrinas no sentido de reunir recursos internos para alterar algo no externo. Ou seja, caso a irritação (raiva) for direcionada para a produção ela terá o mesmo princípio de ação que a gasolina oferta ao veículo movido a combustão interna: em regra a estrutura funcional muito se assemelha.
Salvatore D'Onofrio

O sentido do carnaval

O carnaval era uma forma de espetáculo sincrético, de caráter ritual, onde não havia separação entre atores e espectadores, sendo vivido por todos. Durante a época carnavalesca ocorria uma suspensão das leis sociais, das interdições morais, das regras normais de vida. Anulava-se a diferença de classes e de sexos, a hierarquia, a etiqueta, e se estabelecia uma nova forma de relações inter-humanas, fundada no contato livre e familiar entre todos, sem medo de sanções.
Aristóteles Drummond

Crise: o xis da questão!

O Brasil precisa mesmo é de uma guinada liberal, que pense no emprego e no aumento da arrecadação sem pressionar o contribuinte e na simplificação dos procedimentos. Desde detalhes, como a cota de 500 dólares nas compras dos turistas, que está há mais de 40 anos; e, a eterna discussão sobre a reabertura de bingos, máquinas de jogos e cassinos, atividade que pode gerar mais de cem mil empregos diretos...
Carlos Newton

E agora, Barroso terá coragem de reconhecer seus erros?

É enorme a expectativa quanto ao parecer do novo relator Luís Roberto Barroso, na ação sobre o rito do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Como poderá justificar ter desconsiderado a expressão “e nas demais eleições”, ao ler o dispositivo do Regimento da Câmara? Como manter a acusação de que o presidente da Câmara teria alterado a seu bel prazer o rito do impeachment “no meio do jogo”, se nada disso existiu?
Ricardo Hirata Ferreira

Rivotril day, o corpo como carne

O encontro dos corpos para o prazer que pode ser saboroso e até sublime se fragiliza ao máximo quando os corpos são tratados como algo que se consome em partes (aos pedaços), experimenta-se e depois se joga fora, como um produto qualquer que se transforma (rapidamente) em lixo.
Julio Severo

Trump promete avançar questões gays

Trump tem demonstrado uma relação mais leve com questões LGBT. Numa campanha que ele confessa foi alimentada por ódio, Trump tem atacado mulheres, muçulmanos, pessoas com deficiências, imigrantes e prisioneiros de guerra que foram capturados, mas não a comunidade LGBT.
Ricardo Barbieri

E o samba ficou esnobe…

E, como, não podia deixar de ser, o samba fica esnobe. Frequenta botecos gourmet, o chapéu panamá sugere um falso jeito malandro e quem assina o samba não é mais quem o compõe; ou quem compõe o faz burocraticamente em escritórios, com produção em série, profissionalismo e dinheiro. Claro que o samba não tem cor, mas os neo-sambistas da zona sul decidem que são malandros, defendem falsas origens afro e misturam chicletes com banana.
Nei Alberto Pies

O jornalismo e seus interesses

A democratização da informação, através da internet e das redes sociais, acabou, definitivamente, com a ideia do monopólio da informação. Desta forma, todos se sentem no direito legítimo de produzir e comunicar informação, o que é um grande avanço civilizatório. O que é reservado aos profissionais da comunicação, no entanto, é o seu compromisso ético com a verdade e com a veracidade dos fatos comunicados ou produzidos.
José Renato Nalini

Era de se esperar…

Conforme se previa, os colossos estruturais edificados para a Copa do Mundo estão produzindo o efeito esperado: enormes prejuízos. Muitas dezenas de milhões acumulam nos dois últimos anos e representam um testemunho a mais da imprevidência brasileira.
Amir Haddad

Em defesa da arte pública

Devolver à arte seu sentido original. Trabalhar nas ruas, em contato com a população. Desistir dos salões, da vida burguesa, do mercantil. Recontactar nossa ancestralidade perdida.
Humberto Pinho da Silva

Vamos falar de democracia

Jean Jaques Rousseau, asseverou: a verdadeira democracia é tão perfeita que é quase impraticável: “Se existisse um povo de deuses, governar-se-ia democraticamente. Um governo tão perfeito não convém aos homens.”
Paulo Ferreira

Adivinhem qual é o país que mais cresce na Europa!

Qual é o país europeu, qual é ele, cuja economia cresceu 6,9% no ano passado, a taxa mais alta de toda a União Europeia? Este país é a Irlanda e foi, a par da Grécia e de Portugal, um dos três países da zona euro resgatados entre 2010 e 2011.
Helder Caldeira

A imaturidade intelectual

Estima-se que, em meados de 2016, o MEC petista da presidente Dilma Rousseff tentará impor à formação intelectual das crianças e adolescentes brasileiros um código de silêncio e cerceio ao amplo conhecimento, limitando o ensino aos interesses político-ideológicos de um grupo que literalmente gafanhotou e destruiu o país, mas que ainda pretende deixar como legado às próximas gerações seu monumental déficit intelectual.
Flávio Saliba

O crescimento do Carnaval de rua

Surpreendente mesmo é o ressurgimento do Carnaval de rua, isto é, das aglomerações mais ou menos espontâneas, que já dávamos por mortos e sepultados. Cresce em ritmo acelerado o número de blocos carnavalescos em vários pontos do país. Mas é um Carnaval diferente, que arrebanha centenas de milhares de pessoas e em que marchinhas de duplo sentido são substituídas pela sexualidade explícita e sem humor de musiquinhas do momento, nas quais a irreverência dá lugar ao exibicionismo, e a alegria é medida, como nas passeatas, pelo tamanho da multidão.
Marisa Bueloni

Procurando assunto…

Será que abordar a crise política, econômica e moral que assola o país é um bom assunto? Pena que o “japonês da Federal” mudou de função. Já estava sendo requisitado para fotos e até virou máscara de Carnaval. Nosso país é assim, meio surrealista, meio Macunaíma, meio engraçado. Quem não gostou de ver o japonês abrindo a porta do carro e acompanhando os presos pela Operação Lava-Jato?
Fernando Antônio Carneiro de Carvalho

A mentira do glúten, do sal, do açúcar e da gordura

"A mentira do glúten" e outros mitos sobre o que você come é o título do livro de Alan Levinovitz, PhD. Os outros mitos são gordura, açúcar e sal. O autor não é nutrólogo, nem nutricionista. Suas áreas de interesse são orientalismo, ética, pedagogia e religião. E ele entrou na guerra das dietas com as armas de que dispunha. Tratou todas essas polêmicas envolvendo sal, açúcar, colesterol, gorduras, glúten, veganos versus carnivoros, etc.
Ana Paula Bortoletto, Flávio Siqueira Júnior

Cerveja, o transgênico que você bebe?

Acontece que em 2012, pesquisadores brasileiros ganharam o mundo com a publicação de um artigo científico no Journal of Food Composition and Analysis, indicando que as cervejas mais vendidas por aqui, ao invés de malte de cevada, são feitas de milho.
Ivani de Araújo Medina

O perigo do Islã no Brasil

Nossas preocupações se iniciaram com os rumorosos acontecimentos que envolvem a crença islâmica e depois com a disposição de países como a Arábia Saudita e o Irã de investirem capital para a propagação dos respectivos segmentos do islamismo, sunita e xiita, no Brasil. Como em todos os países ocidentais, no nosso o estado é laico e não privilegia religião alguma. Garante o direito de crença e prática religiosa que o cidadão bem quiser. É justamente aí que começa a dificuldade, quando percebemos que estão querendo se aproveitar disso.
Sylo Costa

E no país do chutômetro…

Uma presidente que não toma conhecimento de que o país está tomado por banqueiros, agiotas, ladrões de casaca – fora da Lava Jato –, que chegam a cobrar juros de 430% ao ano por utilização de cheque especial ou crédito rotativo, e, consequentemente não toma providência para prender essa gente por crime de usura e contravenção contra a economia popular, na forma da Lei 1.521/1951, não pode ser vereadora nem de “currutelas”, quanto mais presidente da República.
Paulo de Almeida Sande

Europa, uma verdadeira história de medo

O medo invadiu a Europa e as fundações da antiga e laboriosamente construída civilização foram abaladas nos seus alicerces. A Europa, que nos 50 anos anteriores laboriosamente construíra um edifício de valores sobre as cinzas de mais uma guerra civil, a Europa das quatro liberdades, do mercado interno, da livre circulação de pessoas, começou a desagregar-se.
Políbio Braga

Ministros defendem fim do desequilíbrio fiscal que foi criado pelo próprio governo Dilma

Logo depois que a presidente Dilma Roussef anunciou no Congresso que quer recriar a CPMF, num discurso pronunciado sob vaias e aplausos, o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, afirmou nesta terça-feira que o governo deve conseguir aprovar a proposta de recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). A campanha contra a CPMF já está nas ruas, sobretudo através de propaganda de rua patrocinadas pela Fiesp. Em SC, a Fiesc também promove protestos públicos.
José Conde Rodrigues

A Europa e a liberdade

A excessiva concentração do poder económico-financeiro, num reduzido número de mãos, tem vindo a relegar para um plano subalterno o poder de decisão e de intervenção da política e dos políticos, esvaziando ambos da força clarificadora e mobilizadora do combate de ideias e minimizando a importância que o voto popular tem como fonte de legitimação.
Percival Puggina

O maior mandamento do PT

Quem viver verá a insistência com que o PT, nos próximos meses, cuidando apenas de si mesmo, lançará novos e ruidosos programas em meio às chamas do incêndio que causou. E atribuirá as culpas de todos os sinistros à oposição, ao processo de impeachment, ao mercado, ao neoliberalismo, aos EUA, à elite branca, à burguesia e ao grande capital.
Adriano Benayon

Há como evitar o caos?

Só os bancos têm aumentado sempre os lucros. A renda total, em queda, concentra-se ainda mais, excluindo a perspectiva de ressurgimento da procura, ademais devido ao tripé: juros altos para o mentiroso combate à inflação, meta de superávit primário e câmbio flutuante.
Ana Paula de Cássia Oliveira

Geração Prozac: precisamos falar sobre depressão!

A adaptação do livro de Elizabeth Wurtzel, Geração Prozac, é o primeiro longa-metragem em idioma inglês do diretor norueguês Erik Skjoldbjærg. A escolha por retratar o best-seller mundial de 1994 foi inteligente e a produção cinematográfica nada menos que um relato vívido, dramático e enternecedor sobre a depressão.
Vittorio Medioli

A qualidade dos impostos

Açoitado, tratado como sonegador, privado do seu direito constitucional à boa-fé, o cidadão enfrenta limitações no Brasil que superam os limites de uma organização civilizada de direito. Acorrentados pela burocracia e asfixiados pelos tributos que alimentam um Estado perdulário e afamado, tirano e velhaco, o cidadão e as famílias sofrem privações ilegais.
Helena Araújo

A Alemanha e os refugiados: um retrato de Berlim

Todos os dias chegam à capital alemã centenas de refugiados. Os serviços estatais responsáveis pelos refugiados já estavam a trabalhar no limite das suas possibilidades antes de ter começado esta onda imparável de pessoas em terrível estado de necessidade.
Ricardo Barbieri

O samba pede socorro!

O samba pede socorro pra sair do enlatado em que lhe meteram. Conheço todos os sambas das décadas de 70 e 80. Os sambas deste ano não consigo sequer ouvir enquanto dirijo, que dirá ter estímulo para cantá-los. Mudei eu ou mudou o carnaval?
Salvatore D'Onofrio

A educação do atraso

A desculpa apontada para a reforma do currículo básico é não traumatizar as crianças e os jovens pelo estudo de muitas matérias. Reduzir mais ainda o currículo mínimo, como reza o projeto enviado ao Congresso Nacional, é uma medida vergonhosamente demagógica do Ministro da Educação para cativar os votos dos jovens estudantes que não querem aprender, mas apenas tirar um diploma...
Pedro Bondaczuk

Realidade que parece sonho

A vida, muitas vezes, parece-me tão irreal, tão maluca, tão repleta de surpresas (boas e más) e apresenta tantos mistérios insondáveis, que fico, volta e meia, com a estranha impressão de que tudo isso se trate de mero sonho. Claro que não é. Caso fosse, uma dessas duas coisas diferentes (na verdade antagônicas) com certeza iria ocorrer.
Afonso Lopes

A má gestão da Educação pública

O sistema geral de ensino público no Brasil está entre os menos eficientes do planeta. Ao longo dos anos, décadas e mais décadas, acusou-se como principal razão para essa realidade tão negativa um fator preponderante: o baixo investimento na educação...
Vinício Carrilho Martinez

A tempestade brasileira

Imaginando-se o pior dos cenários políticos e que já se avizinha faz tempo, o que esperar? Imaginemos que o PT tenha a sigla cancelada, por ter recebido financiamento do exterior – o que é terminantemente proibido pela legislação...
José Renato Nalini

Afinal, quem é que não mente?

É claro que o julgamento moral condena a mentira e ninguém quer se assumir mentiroso. Há quem justifique as “mentiras inocentes”, de alegar compromisso para deixar de aceitar um convite, as desculpas do trânsito, até as “mortes” fabricadas de parentes imaginários que servem de motivo de escusa para uma falha imperdoável.
Carlos Chagas

Se meu apartamento falasse…

Afinal, o Lula teve, não tem mais, ainda tem e continuará tendo o triplex no Guarujá? Pagou pelo imóvel, não pagou, arcou com as despesas da reforma feita pela OAS ou a empreiteira trabalhou de graça por conta de contratos celebrados com a Petrobrás?
Nei Alberto Pies

O perigo de simplificar o que é complexo

Para não sucumbir à tentação de sempre simplificar a vida e os conflitos sociais, inerentes da democracia, precisamos encorajar nosso pensamento crítico e nossa capacidade de reagir para defender nossa nobre e sempre frágil democracia.
Sérgio Domingues

O apocalipse digital

Em 2010, especialistas calcularam haver no mundo 1,2 zettabytes de dados armazenados em nuvens virtuais, incluindo toda a produção intelectual do planeta. Até 2020, o número pode chegar a 40 zettabytes, equivalente a 5 trilhões de arquivos de filmes em alta resolução. Enfim, tudo isso pode desaparecer na velocidade de um clique.
Ricardo Ernesto Rose

Faltam locais de lazer nas cidades

Apesar de continuarmos sendo uma das dez maiores economias do mundo, nossas grandes cidades em pouco melhoraram sua infraestrutura de lazer nos últimos 50 anos. Existem poucas opções, principalmente para as pessoas de menor poder aquisitivo e os moradores das periferias. É só olhar para os rios e lagos localizados no ambiente urbano, para ver o descaso com estão sendo tratados pelo poder público.
Percival Puggina

Impeachment, democracia e estado de direito

A defesa do governo na questão do impeachment tem-se valido de todos os meios possíveis de enganação. Não estou recusando aos governistas o direito de escudar o governo. O que estou afirmando é que quase todos os seus argumentos, a partir do mais constantemente repetido, são concebidos para iludir. Golpe, portanto, de um lado, é usar o que pertence ao Estado para subornar votos no Congresso, como vem fazendo o governo de modo a evitar que o impeachment prospere. E, de outro, é golpe fazer do STF, com o mesmo fim, um puxadinho do partido governista.
Carlos Newton

Mais um final de semana tenebroso para Lula e Dilma

O cerco a Lula e a Dilma vai se fechando implacavelmente. A cada dia aumenta-se a pressão sobre eles. É sempre a mesma coisa e a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se complica. Agora, ele subiu de turma e já passou de informante a investigado. Da mesma forma, complica-se também a situação da presidente Dilma Rousseff, que se julgava inteiramente livre de acusações e denúncias, mas estão surgindo provas robustas de que sua campanha eleitoral foi abastecida com dinheiro de propinas de empresários
Renata Iacovino

Marchinhas de carnaval

No século XIX o carnaval que acontecia no Rio de Janeiro mostrava suas claras influências dos hábitos portugueses mesclados ao tempero africano. Foi nesse clima que, em 1899, a maestrina Chiquinha Gonzaga compôs a marcha de carnaval “Ó Abre Alas”, a primeira marcha-rancho, sendo também a primeira composição carnavalesca da história brasileira.
César Maia

Micropolítica e o poder!

A expressão Micropolítica é um desdobramento de uma teoria que ganhou expressão no século XIX: a microssociologia. Microssociologia, cujo maior expoente foi o francês Gabriel Tarde, tinha e tem como coluna vertebral a ideia que a opinião pública se forma a partir da opinião dos indivíduos e dos fluxos de suas interações.
Pedro Papastawridis

Brasil: da lama ao zika

Já passou da hora de vivermos apagando incêndios e passarmos a ter uma postura mais preventiva, a fim de que novas lamas de Mariana e epidemias de zika não se repitam.
Ricardo Barbieri

Se ainda cremos no poder do voto…

Temos na presidência da República uma pessoa que não serve. Não por ser mulher mas, por ser incompetente e pouco confiável pelas suas relações de subserviência e intimidade com um ex-presidente cercado de corruptos e, ele mesmo, próximo de ser indiciado. Uma pessoa que deve explicações sobre sua participação no caso Passadena, no caso Petrobrás e no fato de não ter nenhum projeto de futuro para a nação.
Carlos Chagas

Desse mato não sai coelho

A presidente Dilma insistiu na aprovação da nova CPMF, agora na reunião do Conselhão. Não convenceu o empresariado, muito menos as lideranças sindicais e os representantes de diversas entidades. Enquanto isso, os bancos permanecem faturando alto.
Marisa Bueloni

Salmos que me cativam

Convidada a escrever sobre um versículo bíblico que mais me cativa ou me fascina, quedo-me a pensar que não posso escolher um só. E anuncio minha predileção pelos salmos, sua grandeza e beleza, pelo estilo literário e pela ação de cura em nossas vidas.
Sérgio Domingues

A China e os delírios que a cercam

A China só se tornou o “segundo maior parque produtivo mundial” por que o grande capital ocidental, liderado pelos Estados Unidos, foi buscar lá a força-de-trabalho abundante e barata que a ditadura do partido único colocou a sua disposição.